Aromaterapia

Início|Blog|Aromaterapia

A aromaterapia, tal como o nome indica, é uma terapia que trata através dos aromas. Com milhares de anos, é considerada um ramo da fitoterapia, uma modalidade de tratamento que estuda as plantas medicinais e suas aplicações na cura das doenças.

Os aromas utilizados na aromaterapia são cem por centro naturais, extraídos de raízes, folhas, sementes, ervas, flores, ervas, madeira e resinas, e transformados em óleos essenciais que são, depois, utilizados na prevenção e no tratamento de doenças físicas e psicológicas, assim como, em tratamentos de estética.

Os óleos essenciais são substâncias voláteis extremamente concentradas, que podem ser aplicados de forma isolada ou em combinação com outros aromas dependendo do fim a que se destina a aplicação.

Nem todos os óleos têm as mesmas características, diferenciando-se entre si pelo aroma, a densidade e a cor. Estes, podem ser usados em cremes, loções, gel e aplicados em massagens, banhos e inalações. Além disso, os óleos podem ser diluídos em água e usados na alimentação ou queimados como incensos.

Como age a aromaterapia?

Os diversos aromas dos óleos essenciais podem trabalhar diversos sintomas através do olfato um dos sentidos mais apurados do ser humano. Ao inalar o aroma do óleo essencial estamos a estimular as células olfativas que estabelecem ligação com a parte refente à emocional do cérebro. Desta forma, diferentes aromas estimulam diferentes sistemas.

Que sintomas trata a aromaterapia?

A aromaterapia trata situações de respiração, memória, circulação e hormonas. A ligação estreita entre o cérebro e o olfato estimula o sistema imunitário o que potencializa a auto cura do corpo. Além destas indicações, os óleos essenciais são igualmente conhecidos pelas suas poderosas ações antioxidantes, antibacterianas, antivirais, revigorantes, antifúngica, anti-inflamatórias e ansiolíticas.

Para que melhor se compreendam os benefícios da aromaterapia é importante perceber que ela atua a três níveis: o físico, emocional e o espiritual.

Fisicamente os benefícios passam pela cura do cansaço mental, o tratamento de fobias e insónias, ajudam na cicatrização de feridas, na circulação sanguínea, dores musculares e de articulação, doenças de pele e eliminação de gorduras. Emocionalmente os óleos essenciais atuam de forma positiva no tratamento de depressões, ansiedades, demonstrações de pânico, aumentando a auto estima. No que concerne a sua influência a nível espiritual, a aromaterapia é por norma usada para trabalhar os níveis de consciência e em situações de prática de meditação.

A aromaterapia é uma terapia segura?

Tendo em conta que a aromaterapia utiliza óleos cem por cento naturais não existem riscos elevados, no entanto, e tal como em muitas outras terapias, devem existir algumas precauções. Esta terapia não é aconselhada a mulheres grávidas isto porque alguns óleos podem provocar contrações do útero; não é igualmente indicado para crianças com menos de cinco anos; para pessoas com alergias a nível respiratório, asma, doenças de pulmões.

A aromaterapia e os tratamentos de estética

Para além dos já referidos benefícios enumerados anteriormente, a aromaterapia é cada vez mais usada em tratamentos de estética, sendo a sua aplicação muito comum em tratamentos de corpo e rosto.

Os óleos essenciais são já muito utilizados como potencializadores da ação das massagem modeladoras e drenagem linfática, isto porque muitos deles têm propriedades diureticas, drenantes e desintoxicantes, ajudando em grande medida no restabelecer do equilíbrio e da saúde geral.

No que diz respeito a tratamentos de corpo estes incluem por norma hidratação esfoliação, prevenção de celulite e tratamentos reafirmantes.

Na questão dos tratamentos faciais a aromaterapia pode ser usada na limpeza, relaxamento, e hidratação da pele. Esta terapia é também usada em tratamentos mais específicos, como tratamentos para o acne, remoção de manchas e peelings.

Óleos essenciais usados em tratamentos de estética

De um modo geral e apenas a titulo informativo podemos referir a indicação de alguns óleos e a sua aplicação terapeutica. Os óleos essenciais que conseguem potencializar os efeitos de massagens, como a modeladora e a drenagem linfática são:

  • Óleo essencial de grapefruit aplicado essescialmente para : é excelente para combater as gorduras localizadas e a celulite, pois ao agir sobre o sistema linfático, trabalha no sentido de eliminar as toxinas presentes no corpo;
  • Óleo essencial de funcho doce ou erva-doce: ajuda na má circulação, combatendo a celulite. É um poderoso diurético que evita a retenção de líquidos, desintoxicando o corpo, eliminando toxinas e melhorando o sistema linfático;
  • Óleo essencial de junípero: ajuda a evitar o acumular as toxinas pelo corpo e também é diurético;
  • Óleo essencial de Funcho doce : ajuda no tratamento da celulite, obesidade, retenção hídrica.

Está registado que a melhor forma de tirar o maior benefício da aromaterapia é combinando diversos óleos entre si. Das formas possiveis de utilização a massagem aromaterapêutica traz benefícios que ultrapassam a simples absorção pela pele dos óleos, uma vez que auxilia no relaxamento de músculos contraídos, impulsiona a circulações sanguínea e auxilia o organismo na eliminação de toxinas, assim como ajuda no alivio das dores. É importante que tenha atenção no modo como usa os óleos sendo importante que estes sejam diluídos.

Comentários recentes...
By | 2017-05-25T23:05:18+00:00 Fevereiro 17th, 2014|Blog|