Existem diversos comportamentos praticados por nós, no nosso quotidiano – sobretudo no caso das senhoras – que podem representar as principais causas do aparecimento da celulite, tornando-se fontes de rápida instalação e proliferação desta no nosso organismo.

Envelhecimento

De fato, com o passar dos anos, tendencialmente as células envelhecem e tornamo-nos mais sedentárias, praticando pouco ou nenhum exercício físico e descuidando a nossa alimentação. Isto favorece a acumulação de gorduras e de excesso de peso, alterando o nosso metabolismo – que se torna mais lento – e favorecendo o aparecimento da inestética celulite.

Vida Pessoal vs Vida Profissional

O século XXI foi ainda responsável pela cultura do stress e das “preocupações”, sobretudo para as mulheres, que têm que se preocupar com carreira, filhos e marido (perdoem-me a sinceridade!). Isto resulta numa gestão complicada e “stressante” que acaba por alterar todo o metabolismo e dá lugar ao aparecimento dessa nossa inimiga: a celulite. Hoje em dia, somos praticamente forçadas a fazer malabarismos para conjugar a nossa vida profissional e familiar.

Anticoncecionais Hormonais

Por outro lado, a utilização de anticoncecionais hormonais e outros medicamentos com uma forte composição em estrogénio podem também ser responsáveis, quer pelo aumento de peso, quer pelo aparecimento da celulite.

Uma Solução: Lipocavitação

Se a celulite já se encontra definitivamente instalada no seu organismo, recomendamos-lhe vivamente que proceda a algumas sessões de lipocavitação para erradicar o problema. Poderá combinar a lipocavitação com outras técnicas como a gessoterapia,  drenagem linfática, a eletroterapia, a radiofrequência ou até a criolipólise, de modo a acelerar o processo e conseguir os resultados pretendidos.

À partida, após os tratamentos de lipocavitação, a celulite terá sido eliminada e não precisará de fazer nenhum tratamento adicional.

Recomendação: Estilo de Vida Saudável

Contudo, recomenda-se veementemente a realização de algumas sessões anuais de manutenção e, sobretudo, a adoção de um estilo de vida saudável que evite a acumulação de novas gorduras e evite o reaparecimento da celulite.