Fotodepilação com Luz Pulsada – O que é?

Início|Blog|Fotodepilação com Luz Pulsada – O que é?

Fotodepilação com Luz Pulsada – O que é?

Ao longo do tempo a depilação revelou ser uma preocupação crescente, especialmente da esfera feminina.

Das depilações temporárias às depilações definitivas os conhecimentos estéticos têm vindo a evoluir constantemente, melhorando e descobrindo outras técnicas de depilação, com o objetivo de dar respostas mais adequadas às necessidades.

Hoje em dia o método de depilação que mais adeptos tem é sem dúvida a fotodepilação que surge nas versões a laser e a luz pulsada.

A fotodepilação a luz pulsada ganha terreno relativamente à primeira, devido ao facto de se revelar um método mais eficaz em todos os tipos de pêlo e pele. A luz pulsada é uma intervenção estética que é recomendada não só para a remoção definitiva de pêlos, como na remoção de manchas na pele e para o rejuvenescimento facial.

Mas afinal o que é a fotodepilação a luz pulsada?

De entre os métodos de depilação definitiva a fotodepilação a luz pulsada é um procedimento estético que por intermédio de aparelhos capazes de efetuar disparos sobre a pele, coloca a luz pulsada em ação. A luz enviada deve ser absorvida pelo pêlo e não pelos tecidos em redor, para que a fotodepilação funcione A luz absorvida chega a melanina e é convertida em energia térmica que enfraquece os folículos pilosos e impede o crescimento do pêlo, que só em raras exceções voltam a conseguir regenerar-se. Apenas os pêlos que se encontrem na fase de crescimento ativo serão destruídos, todos os outros em outros momentos de crescimento não serão atingidos, dai a necessidade de realizar variadas sessões.

Adequada a todos os tipos de pele a fotodepilação a luz pulsada tem resultados maiores e mais rápidos em pessoas cujo contraste de cor entre pêlo e pele é mais evidente, Inserida na categoria das técnicas de depilação definitivas é necessário ter presente que nenhum método de depilação é efetivamente definitivo, uma vez que pequenas pelugem permanecem no corpo (são parte da defesa do mesmo) e porque o surgimento de mudanças hormonais podem levar ao aparecimento de novos pêlos. No entanto, este método de depilação é bastante eficaz, evita idas constantes à depilação, exigindo apenas e após o tratamento efetivo, de uma sessão de manutenção anual.

Uma outra vantagem da fotodepilação a luz pulsada é o facto de esta poder ser usada em quase todos as partes do corpo, à exceção da zona em volta dos olhos, mucosas e zonas com sensibilidade isolada. Sendo muito usada nas pernas, axilas, virilhas e costas.

Como proceder para se iniciar a utilização desta técnica de depilação?

A primeira etapa é certificar-se que está de plena saúde e caso tome algum medicamento ou tenha alguma situação de saúde a tratar, deve consultar a opinião de um médico antes de dar inicio ao tratamento. Depois deve procurar um técnico competente para aplicar o procedimento, alguém com formação específica em fotodepilação com luz pulsada, com competências para esta função. Se decidir avançar submeta-se a um pequeno teste para ver como reage a sua pele à luz pulsada e avance para o tratamento efetivo caso não verifique qualquer reação estranha.

A depilação com luz pulsada é dolorosa?

Por norma este tipo de depilação não provoca dor, apenas uma sensação de libertação de calor, no entanto, a reação de cada pessoa vai depender do grau de sensibilidade que possui.

Esta é uma técnica que pode ser usada por todas as pessoas?

A fotodepilação a luz pulsada apresenta algumas contraindicações, por norma não é aconselhada a pessoas que estejam a tomar antibióticos e antiacneicos, uma vez que este tipo de medicação potencializa a fotossensibilidade. Também não é um tratamento estético recomendado a pessoas com problemas de pele ou infeções cutâneas em fase ativa uma vez que nestes casos o risco de se verificar uma alteração ao tom de pele é elevado.

Em termos de idade a aplicação desta técnica não tem nenhuma delimitação, no entanto, é notório que na adolescência e devido às mudanças hormonais o número de sessões necessárias são maiores e os resultados esperados mais lentos.

O tratamento com a luz pulsada necessita de muitas sessões para surtir efeito?

Em regra são necessárias seis sessões para se verificarem resultados notáveis, no entanto é normal que ao fim de três sessões já sejam evidentes os primeiros resultados. O número total de sessões vai depender de diversos aspetos entre os quais se podem destacar o tipo de pêlo, a sua densidade e fatores genéticos ligados s aspetos hormonais. O tempo de cada sessão vai depender da zona a tratar podendo variar de 5minutos (zona do buço, por exemplo) a uma hora (zona das pernas).

O período de espera entre sessões deve ser de 30 dias e após cada sessão a pele deve ser bem hidratada de modo a manter a sua flexibilidade e nutrição.

Antes e após cada sessão não é aconselhável apanhar sol direto na zona a depilar sendo importante o uso de um protetor solar de índice elevado, assim como não é recomendável qualquer tipo de tratamento que coloque a pele numa situação de sensibilidade mais acentuada.

Cumprindo todas as normas e cuidados inerentes a utilização de luz pulsada, poderá obter bons resultados e chegar ao objetivo da depilação perfeita.

Pode hoje mesmo marcar a sua sessão no centro de estética Isabel Oliveira!

Comentários recentes...
By | 2017-05-25T23:05:18+00:00 Março 29th, 2014|Blog|