Pele Atópica – Principais Cuidados a Ter

Início|Blog|Pele Atópica – Principais Cuidados a Ter

A pele atópica caracteriza-se especialmente pela sequidão e hipersensibilidade epidérmica, sendo mais comum em bebés e crianças, no entanto pode ter início já na idade adulta. Manifesta-se frequentemente por um desconforto constante, comichão, pele repuxada, podendo mesmo aparecer manchas vermelhas, em especial no rosto, nos cotovelos e joelhos.

As pessoas que sofrem de pele atópica, apresentam uma alteração genética que predispõe o indivíduo a reagir com intensidade excessiva aos estímulos ambientais a que está sujeito, o que a torna mais suscetível de sofrer de uma das várias doenças alérgicas, como é o caso da dermatite atópica entre outras.

Que cuidados se devem ter com a pele atópica?

Existem cuidados essenciais a ter com a pele atópica, sendo a hidratação o requisito que mais se destaca na proteção, pois previne a escamação e a irritabilidade da pele.

Existem no mercado várias linhas de cuidados para peles com estas características e produtos específicos para dermatite quer de corpo, quer de rosto.

A maioria das situações de pele atópica podem evoluir para situações mais complexas como a dermatite atópica.

As patologias de peles atópicas são hereditárias?

A dermatite atópica pode surgir de uma pré disposição genética para a ocorrência da doença. Quando os dois progenitores apresentam a mesma doença atópica, como por exemplo a dermatite, é mais elevado a probabilidade de que os filhos venham a contrair a mesma doença.

Em que idade pode surgir sintomas de peles atópicas?

Por norma a dermatite atópica pode surgir em qualquer idade, no entanto, com frequência esta situação afeta mais crianças e bebés.

Quando esta surge em crianças e bebés a tendência é ir diminuindo os sintomas e efeitos à medida que estes crescem.

Que fatores podem conduzir ao despoletar de “crises”?

É muito comum que com a chegada da Primavera e do Outono ou quando as alterações de temperaturas são muito bruscas possam surgir surtos de dermatite.

A alimentação pode igualmente ser um fato agravante de sintomas, embora não exista uma relação direta entre o aumento de vermelhão, pele repuxada, eczema e o aparecimento dos surtos desta doença de pele. Existem no entanto relatos de que alimentos que contêm aditivos, corantes e conservantes ou picante, bem como com o leite, ovos, frutos secos, chocolate, certos peixes ou mariscos, certos produtos engarrafados ou enlatados e algumas frutas, tais como a banana ou os morangos podem causar surtos. O importante é estar atento e perceber se o consumo de determinados alimentos coincide com o agravamento das lesões ou com surtos de dermatite. Se verificar a ocorrência da anterior situação deve alterar os alimentos que fazem parte da sua ementa diária.

Como se pode controlar “crises” de pele atópica e dermatites?

No caso de situação de pele atópica o grande gesto que deve ter é a hidratação. Hidratar bem toda a pele, evita situação de irritabilidade, pele repuxada e vermelhão. Deve usar cremes específicos para peles hipersensíveis e reativas. É obviamente recomendável o uso de protetor solar e evitar uma exposição excessiva da pele ao mesmo.

No caso de a sua situação ser mais complexa e desenvolver a dermatite atópica, o modo de a controlar é diferente e talvez mais complexo. Para ser controlada, para além de perceber que fatores desencadeiam situações agudas e evitá-los, usar medicação adequada, quando tal se justificar. Alguns exemplo a usar no tratamento são: os hidratantes, pomada ou creme com cortisona que devem ser usados com recomendação médica e por um tempo especifico de utilização, os imunomoduladores tópicos e anti-histamínicos. Em situações de infecção podem ainda ser usados antibióticos.

Deve optar por usar roupas de de algodão, tomar banho com agua tépida e usar toalhas suaves. Para além destes fatores, é importante equilibrar a sua ansiedade e  as emoções, o seu descontrolo podem despolutar períodos menos agradáveis e de maior reflexo de sintomas.

Quem tem pele atópica pode usar maquilhagem?

O uso de maquilhagem em pele com uma hipersensibilidade elevada, marcada por características atópicas, não é aconselhável, sobretudo em situações de crises agudas.

O uso de hidratante é obrigatório, mas pode, quando a pele está em equilíbrio, usar uma base suave, indicada para pele muito sensíveis, sem perfume e com constituintes hipoalergénicos. Deve igualmente usar protetor solar de nível elevado de proteção.  Existem igualmente blush e pó bronzeador com uma constituição indicada para peles de elevada reatividade.

Ficam alguns exemplos e cuidados nomeadamente a nível de rosto. Para limpar o rosto deve usar água morna para não ressequir ainda mais a pele e água termal, esta existe no mercado em variadas marcas (Avéne, da La Roche Posay, Vichy, Uriage e outras).

A nível da hidratação pode usar por exemplo; Hydracristal da Uriage, Lipikar Balm da La Roche Posay, Dermexa da Aveene e outros existentes no mercado, produtos especialmente concebidos para este tipo de pele.

A base pode e como exemplo, usar Toleriane Teint Fond de Teint Aqua-Creme Hidratante da La Roche Posay.

Comentários recentes...
By | 2017-05-25T23:05:17+00:00 Março 16th, 2015|Blog|