Saiba tudo sobre Podologia!

Início|Blog|Saiba tudo sobre Podologia!

O termo Podologia é constituído pelo prefixo: ‘podo’ que designa pés e o sufixo ‘logo’ que significa: tratamento, conhecimento, estudo.

Apesar de ser umas das mais antigas profissões, somente agora a Podologia começa a ganhar o seu espaço, na medida em que o Homem começa a adquirir nova consciência da importância que os pés têm.

As análise de gravuras históricas que foram descobertas em pirâmides egípcias mostram pessoas que efetuavam procedimentos muito semelhantes aos que os profissionais da Podologia usam hoje. Pesquisas históricas indicam a presença deste tipo de atividade na cultura romana da antiguidade.

Como se pode ver, este é um conhecimento de longa data, que cresce à medida que se ganha conhecimento sobre a importância do cuidar do pé e de prevenir o surgimento de patologias nesta área do nosso corpo.

Afinal o que é a Podologia?

A Podologia é uma ciência inserida na área da saúde que tem como campo de intervenção o estudo, prevenção e diagnóstico de todas as alterações não normais que ocorrem a nível dos pés e o modo como estas se espelham no restante corpo humano.

Apesar de esta já ser uma ciência da saúde bastante estudada em outros países em Portugal ela surge em 1994, aparecendo em 1997 o primeiro Curso Superior de Podologia.

A Podologia não funciona como uma área isolada, ela desempenha um papel importante em equipas multidisciplinares de saúde, no tratamento e prevenção de patologias.

Porque se justifica a existência de Podologia?

Durante muito tempo não foi dada a devida importância aos pés. Se pensarmos bem os pés são o suporte de base do corpo humano e do aparelho locomotor. Eles sustentam todo o peso do corpo humano, sendo que ao longo da vida de um individuo estão sujeitos a um enorme desgaste. Por outro lado, os pés asseguram a nossa posição em pé (função em estática) o que mexe com a função dos músculos que atuam sobre a cabeça, tronco, ombros e pernas (função em dinâmica). Uma alteração nos pés pode afetar o resto do corpo.

Pelos aspetos enumerados revelam a importância dos pés na vida do ser humano e na boa dinamização do corpo daí a necessidade de uma ciência que os estude, trate e previna patologias dos mesmos.

Que situações patológicas trata a Podologia?

A Podologia trata verrugas, micose na planta e entre os dedos dos pés, pele seca ou com tendência a descamar e transpiração excessiva. Trabalha, também, na área das calosidades (consulte o nosso Serviço de Calista!) em todos os locais dos pés, assim como de patologias ligadas as unhas (micose, unha pisada, unha deformada, unha de cor diferente e outras).

Intervém ao nível das alterações que possam surgir a nível do apoio da planta do pé, de entre as quais se podem destacar as entorses e tendinites, o pé plano ou cavo, dismetria, pernas de diferentes tamanho.

Tem também um papel cada vez mais importante na prevenção de alterações ósseas como joanetes, dedos encavalitados, no tratamento do chamado pé de risco (pé diabético, pé reumático entre outros).

Existem tratamentos específicos da área de Podologia?

Nesta área da saúde existem essencialmente três tipo de tratamentos aplicáveis: o tratamento quiropodológico, ortopodológico e ortesiológico.

  • o tratamento ortesiológico dedica-se ao estudo e elaboração de pequenas próteses e ortóteses para o tratamento de diversas alterações dos pés;
  • o tratamento ortopodológico tem como objetivo melhorar a morfologia, a funcionalidade e a prevenção das deformidades do pé, através do equilibrar das pressões a que os pés estão sujeitos. Os principais tratamentos ortopodológicos são as ortóteses digitais e palmilhas personalizadas a cada caso específico;
  • o tratamento quiropodológico consiste no uso de brocas de diversos tamanhos e espessura com a capacidade de rotação que permite sem provocar dor tratar diversas situações relativas aos pés.

Com que frequência se deve usufruir do trabalho de um Podólogo?

Este tipo de tratamentos e tendo em contas o que já foi dito relativamente a importância que os pês têm para o equilíbrio global do corpo, seria aconselhável uma visita periódica a este tipo de profissional. Deste modo, estaríamos a trabalhar na prevenção do aparecimento de patologias.

Em quais lugares pode um podólogo exercer a sua função?

Assim que acaba a sua formação académica, o podólogo está habilitado a trabalhar em diversos lugares como: clínicas de estética e fisioterapia, clubes desportivos, casas de saúde param idosos, postos de saúde, hospitais e em clínicas de Podologia.

A Podologia tem utilidade na geriatria?

Com o envelhecimento do corpo, surgem problemas diversos devido as alterações morfológicas, de movimentação e desgaste que podem gerar lesões e incapacidades nos mais velhos.

Nesta fase da vida podem surgir problemas a nível do amortecedor do pé (coxim plantar) situado entre a pele e os ossos que a Podologia pode ajudar a tratar. A diminuição ou ausência total da glândula sudorípara (Anidrose) também surge com o envelhecimento, trazendo como consequências a descamação e o ressecar do pé é outro aspeto abrangido pelos tratamentos podológicos.

Quais as diferenças entre um podólogo e uma pedicure?

Ambas as profissões trabalham com cuidados específicos voltados para os pés. Mas a pedicure é a responsável por cuidados mais externos, de embelezamento e higiene do pé (tirar cutículas, limpar, limar e pintar as unhas, entre outras.). A ação da Podologia é mais centrada na saúde dos pés, tratando e prevenindo doenças como: calosidades, anamnese, verrugas, unhas encravadas, micoses e outras.

No entanto, ambos são complementares e necessários para o bem-estar geral das pessoas.

Comentários recentes...
By | 2017-05-25T23:05:18+00:00 Julho 1st, 2014|Blog|