Eletrocoagulação

Eletrocoagulação 2017-03-29T21:06:27+00:00

A eletrocoagulação é uma técnica de epilação realizada através de através de um aparelho de RF que gera uma corrente elétrica de baixa intensidade (de radiofrequência). Aqui, no nosso Gabinete de Estética, utilizamos esta técnica à mais de 10 anos, a qual, em alguns casos, é a técnica mais adequada para produzir o efeito desejado.

Como é realizada a Eletrocoagulação?

A técnica consiste na introdução de uma agulha, especificamente concebida para este efeito, dentro do folículo piloso, para depois ser aplicada uma descarga elétrica de baixa intensidade, e, assim, desta forma, coagular os vasos sanguíneos, destruindo as células matrizes e enfraquecendo os pêlos.

A descarga elétrica atinge inicialmente o bulbo e depois a glândula, diminuindo gradualmente, assim, a espessura dos pêlos, aos poucos, até ao seu completo desaparecimento. Para que o resultado final seja “definitivo”, tipicamente, são necessários alguns meses de sessões de eletrocoagulação.

Eletrocoagulação – Aplicações e Contraindicações

A eletrocoagulação é uma técnica de epilação recomendada para o buço, queixo e pescoço. Por vezes, em alguns casos raros, pode provocar manchas em peles mais sensíveis, razão pela qual se deve procurar sempre um profissional qualificado. Existem alguns casos reportados, de queixas de dores e de algum desconforto, além de ser um processo mais lento, na obtenção dos resultados desejados.

Eletrocoagulação – O reconhecimento da FDA

Até à bem pouco tempo, a eletrocoagulação era a única técnica de epilação que a FDA reconhece como sendo definitiva.

Outros Produtos & Serviços